TEXTOS TÉCNICOS

1 – TEXTOS TÉCNICOS (ASSOCIAÇÃO QUALIFICA oriGIn Portugal)

 

TT 08 REGISTO DE NOMES GEOGRÁFICOS OU TRADICIONAIS COMO MARCA

TT 09 GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DE A a C  

TT 09GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DE D a K 

TT 09GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DE L a P  

TT 09GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DE Q a Z  

TT 10 – INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS, DENOMINAÇÕES DE ORIGEM E ESPECIALIDADES TRADICIONAIS – SÍNTESE DA REGULAMENTAÇÃO COMUNITÁRIA EM VIGOR  

TT 11 – GLOSSÁRIO DE PROVÉRBIOS, ADIVINHAS, QUADRAS, CANTIGAS, PREGÕES E OUTRAS FORMAS POPULARES ALUSIVAS AOS  PRODUTOS TRADICIONAIS E AOS SEUS MODOS DE PRODUÇÃO 

TT 13 – QUALIFICAÇÃO DE IGs e DOs – ALTERAÇÃO DO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DE UMA IGP OU DE UMA DOP

TT 16 –APOIO AOS AGRUP. PROD. NO ÂMBITO DA QUALIFICAÇÃO DE DOs, IGs e ETs  – NOVA ACTUALIZAÇÃO 16/02/2021)

TT 17 – A ROTULAGEM DOS PRODUTOS COM DOP  OU COM IGP E DAS ETGs E A SUA UTILIZAÇÃO COMO INGREDIENTES (NOVA ACTUALIZAÇÃO 14/02/2021)

TT 20 SÍNTESE QUALIFICAÇÃO E USO DA MARCA COLECTIVA (MC) “ÉQUALIFICADO” 

TT 23 O CONCEITO DE “EVOCAÇÃO” (1)

TT 25ALGUMAS COISAS SOBRE DOPs E IGPs QUE NÃO SABE… TEM VERGONHA… OU NÃO SABE A QUEM PERGUNTAR  

TT 26CRONOLOGIA E HISTÓRIA DOS SÍMBOLOS EUROPEUS DAS DOPs  E DAS IGPs

TT 27OS SÍMBOLOS DAS IGP E DAS DOP NO MUNDONOVA ACTUALIZAÇÂO 21/02/2021

TT 28 – O CONTROLO OFICIAL DAS DOPs, IGPs e ETGs: ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELO “NOVO” REGULAMENTO DO CONTROLO OFICIAL  

TT 29 INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E SUSTENTABILIDADE: DESAFIOS FUTUROS PARA OS SECTOR AGRÍCOLA

TT 30 – QUALIDADE E ORIGEM: A QUALIFICAÇÃO DOS PRODUTOS TRADICIONAIS

TT 31 – DOÇARIA CONVENTUAL A PATRIMÓNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE

TT 32 – PRODUTOS COM DOP OU IGP: A  QUESTÃO DO CORTE/FATIAGEM E DO ACONDICIONAMENTO NA ORIGEM

TT 33 – O CONCEITO DE “PRODUTO TRADICIONAL” NA LEGISLAÇÃO COMUNITÁRIA E NACIONAL  

TT 34O CONCEITO DE EVOCAÇÃO EM MATÉRIA DE PROTECÇÃO DAS IGs E DAS DOs – O CASO GLEN BUCHENBACH 

TT 35O CONCEITO DE EVOCAÇÃO  EM MATÉRIA DE PROTECÇÃO DAS IGs EDAS DOs – O CASO MANCHEGO  

TT 36 – ALGUMAS COISAS SOBRE CONTROLO DAS DOPs E DAS IGPs QUE  NÃO SABE…E TEM VERGONHA…OU NÃO SABE A QUEM PERGUNTAR 

TT 37 A SITUAÇÃO EUROPEIA EM SEDE DE PROTECÇÃO DAS IGs E DAS DOs 

TT 38 – A PROTECÇÃO DAS DOs E DAS IGs ATRAVÉS DOS TRATADOS INTERNACIONAIS 

TT 39 – PROTECÇÃO DAS DOPs, DAS IGPs E DAS IGs CONTRA A EVOCAÇÃO 

TT 40 – IMPLICAÇÕES DO SISTEMA COMUNITÁRIO DE PROTECÇÃO DAS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM (DOP) E DAS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS (IGP), ESTABELECIDO PELO REGULAMENTO (CEE) Nº 2081/92 DO CONSELHO, PARA A PROTECÇÃO NACIONAL E PARA OS ACORDOS INTERNACIONAIS

TT 41 PROTECÇÃO DAS IGs E DAS DOs: PRODUTOS ABRANGIDOS E O CASO ESPECIAL DAS “ÁGUAS MINERAIS NATURAIS E ÁGUAS TERMAIS”

TT 42PRODUTOS TRADICIONAIS PORTUGUESES: RAZÃO E IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DA SUA QUALIFICAÇÃO 

TT 43 – PROTECÇÃO DAS DO E DAS IG PARA PRODUTOS AGRO-ALIMENTARES – GUIA PARA OS REQUERENTES (DE ACORDO COM O EXIGIDO PELO REGULAMENTO nº UE 1151/2012)

TT 45INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR – MANUAL DE APOIO AOS PRODUTORES SOBRE O REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011

TT 46 – INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E DENOMINAÇÕES DE ORIGEM PROTEGIDAS, PORQUÊ? PROTEGIDAS, PARA QUÊ ? PROTEGIDAS, QUAIS E COMO? – 

TT 47INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E DENOMINAÇÕES DE ORIGEM: O PAPEL FULCRAL DOS AGRUPAMENTOS DE PRODUTORES 

TT 48O CONCEITO DE “EVOCAÇÃO” EM MATÉRIA DE PROTECÇÃO DAS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E DAS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM – O CASO CHAMPAGNOLA 

TT 49ESCLARECIMENTO – USO DE ADITIVOS E DE MATERIAIS A ENTRAR EM CONTACTO COM QUEIJOS CURADOS 

TT 50TERÃO TODOS OS PRODUTOS TRADICIONAIS DIREITO A DENOMINAÇÃO PROTEGIDA? 

TT 52 AVALIAÇÃO DOS REGIMES DE QUALIDADE DOS ALIMENTOS DA UE: CONSUMIDORES,PRODUTORES E PERSPECTVAS DE SUSTENTABILIDADE 

TT 53GASTRONOMIA NACIONAL – PATRIMONIO CULTURAL 

TT 55O ACTO DE GENEBRA DO ACORDO DE LISBOA 

TT 56ESCLARECIMENTO – GESTÂO DE EMBALAGENS E RESÍDUOS DE EMBALAGENS 

TT 57MENÇÃO DE QUALIDADE FACULTATIVA “PRODUTO DE MONTANHA” 

TT 62 – MODELO FICHA TÉCNICA

TT 63CONFERÊNCIA SOBRE O FORTALECIMENTO DAS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS (25/11/2020) NOVO 14/12/2020

TT 64 – O CONCEITO DE “EVOCAÇÃO” EM MATÉRIA DE PROTECÇÃO DAS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E DAS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM –  O CASO MORBIER (NOVO 03/01/2021)

TT 65 – PROCESSO ADMINISTRATIVO DE REGISTO DE UM NOME COMO DO OU COMO IG OU COMO ET – DISPOSIÇÕES EXISTENTES EM PORTUGAL E SUGESTÕES E CRÍTICAS DA QUALIFICA/ORIGIN PORTUGAL (NOVA ACTUALIZAÇÂO A 16/03/2021)

TT 66 – CLARIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS QUESTÕES RELATIVAS ÀS IGS APÓS O ACORDO DE COMÉRCIO E COOPERAÇÃO UE-REINO UNIDONOVO 22/02/2021

TT 67 – ESCLARECIMENTO: ALTERAÇÕES AO REGULAMENTO (CE) N.º 852/2004, RELATIVO À HIGIENE DOS GÉNEROS ALIMENTÍCIOS NOVO 16/03/2021

TT 68 – VISÃO SOBRE A REFORMA DO SISTEMA DE INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E DE ESPECIALIDADES TRADICIONAIS GARANTIDAS DA UENOVO 12/04/2021

TT 69 – 15 DICAS RÁPIDAS PARA REDUZIR O DESPEDÍCIO ALIMENTAR NOVO 16/04/2021

TESTE1

TESTE EXCELL

—————————————————————————————————————————

LISTA DE PRODUTOS TRADICIONAIS PORTUGUESES

IGs – UMA FERRAMENTA VALIOSA PARA A UE – PROPOSTAS DO oriGIn PARA REFORÇAR A POLÍTICA EUROPEIA DE QUALIDADE 

 

2 – ARTIGOS, ESTUDOS E MANUAIS DE APOIO (OUTRAS ENTIDADES)

 

Concursos Gastronomia