Projecto PDR2020 apoiado

DESIGNAÇÂO DO PROJECTO: Valor Jarmelista – Valorização Territorial pela preservação da identidade e genética da raça jarmelista
CÓDIGO DO PROJECTO:
PDR 2020-1.0.1-FEADER-030753

OPERAÇÃO: 1.0.1. Grupos Operacionais

ID DA PARCERIA: 321 / Nº PARCEIROS: 7 / BENEFICIÁRIO LIDER DA PARCERIA: Não

ENTIDADE COORDENADORA: ACRIGUARDA – Associação de Criadores de Ruminantes do Concelho da Guarda

ENTIDADE BENEFICIÁRIA PARCEIRA: ASSOCIAÇÃO QUALIFICA / ORIGIN PORTUGAL

OBJECTIVO PRINCIPAL: Valorização Territorial pela preservação da identidade e genética da raça jarmelista

REGIÂO DE INTERVENÇÃO: Centro

DATA DE APROVAÇÂO: 17/05/2017

DATA DE INICIO: 29/11/2016

DATA DE CONCLUSÃO: 03/04/2021

CUSTO TOTAL ELEGIVEL: 8.857,96€

APOIO FINANCEIRO DA UNIÂO EUROPEIA: 5.979,14€
APOIO FINANCEIRO PÚBLICO NACIONAL:
664,34€

 

OBJECTIVOS E RESULTADOS ESPERADOS:

  • A promoção da preservação genética e modo de produção sustentável da carne do Jarmelo:

– a identificação de correlação entre caracteres diferenciadores e perfil bioquímico/ reológico da carne do Jarmelo;

– a importância para a biodiversidade e sustentabilidade territorial da produção da carne do Jarmelo;

  • Desenvolver condições de identificação da carne do Jarmelo como elemento diferenciador na produção e comercialização de produtos cárneos;

– Analisar o posicionamento estratégico da carne do Jarmelo no mercado;

– Propor aumentos de competitividade na cadeia de valor pós-produção da carne do Jarmelo;

– Preparar uma estratégia que possam suportar o desenvolvimento de produtos de “carne do Jarmelo” em registos de qualidade.

  • Tornar a carne do Jarmelo como produto endógeno potenciador de atividade económica e valorização da região;

– Analisar os fatores de diferenciação territorial potenciados pela carne do Jarmelo;

– Incrementar atividade económica da região (turismo e cultura);

– Potenciar atividades de interesse cultural e ensaios culinários.

Com a criação deste projeto pretende-se alcançar a valorização territorial através da promoção carne de bovino da raça jarmelista, assumindo o fator de biodiversidade consequente da sua produção, como fator diferenciador e potenciador. Nesse sentido foram definidas diferentes atividades de modo a que fosse possível concretizar os objetivos de forma clara, alcançando os seguintes resultados:

  • Promoção da preservação da identidade genética com um incremento do efetivo em cerca de 20% nos 10 anos seguintes à implementação do projeto.
  • Caracterização do perfil bioquímico/ nutricional e reológico da carne do Jarmelo
  • Evidências da importância para a biodiversidade e sustentabilidade territorial da produção da carne do Jarmelo
  • Desenvolvimento de produtos que resultem do processamento, transformação e conservação da carne do Jarmelo
  • Caracterização das especificações da “carne do Jarmelo” tendo em vista a sua inserção em regimes de qualidade